– Lendo o livro “Tempos difíceis pedem danças furiosas”, de Carmen Amaya e Alice Walker;
– Ouvindo podcasts de stand-up comedies;
– Visitando virtualmente as pirâmides de Gizé;
– Assistindo aos indicados ao Oscar “Meu Pai”, “Nomadland” e “Bela Vingança”;
– Vendo a peça “Macbeth 2020” com a Cia Buraco Show;
– Conferindo a série espanhola “Sky Rojo”;
– Seguindo nas redes sociais influenciadores da terceira idade;
– Participando da balada literária;
– Presenteando um amigx com o livro “Eu só queria jantar”, de Luiz Américo Camargo;
– Indo à estreia de “Viúva Negra”;
– Tendo o filme “Convenção das Bruxas” como inspiração fashion;
– Indicando o livro “Amar é crime”, de Marcelino Freire;
– Acompanhando tutoriais de maquiagem;
– Desfilando com óculos de sol coloridos;
– Misturando estampas de zebra com poás;
– Maximizando a proteção diária com o uso de lenços amarrados por cima de máscaras;
– Investindo em vestidos transpassados frontalmente;
– Dando crédito para as blusas com mangas ovais;
– Desfilando com looks monocromáticos brancos;
– Apostando em saias com estrelas estampadas;
– Aproveitando as liquidações on-line de suas marcas preferidas;
– Queimando calorias com corridas matinais;
– Aprendendo a fazer empadão recheado com carne de jaca verde;
– Servindo creme de banana batido com leite de coco e pitaia como sobremesa;
– Reaproveitando os resíduos de leites vegetais em massas de bolos e pães;
– Retomando as doações para instituições sociais;
– Vacinando-se contra a gripe (H1N1);
– Entrando em contato com a natureza durante o feriado do dia 21 de abril.

Foto e vídeos: reproduções