No guarda-roupa da mulher contemporânea há espaço para peças que remetem ao vestuário masculino como os smokings e ternos. E apesar da essência masculina da tendência que flerta muitas vezes com o andrógeno, é possível compor produções ultra femininas como as vistas recentemente durante as cerimônias de premiações.
A atriz Amanda Seyfried, por exemplo, participou da cerimônia do Critics’ Choice Awards a bordo de uma releitura de um smoking. Sua versão contou com calça de alfaiataria e uma camisa transparente bordada com cristais, além de colarinho fechado e gravata borboleta; tudo da marca Miu Miu.
Na ocasião, a atriz Kaley Cuoco também apostou em um smoking feminino completo da marca Dolce & Gabbana com calça de cintura alta, bolero e as lapelas da jaqueta cravejadas de pedras e cristais.
Uma versão mais vibrante da peça também marcou presença no mesmo evento através da participação da atriz Angela Bassett e seu smoking de paetê preto da marca Albertina Ferretti.
No entanto, a atriz Gillian Anderson interpretou o modismo de maneira distinta de suas colegas de profissão e surgiu na transmissão on-line com uma calça de alfaiataria preta e um colete longo com maxi gola cruzada na frente.
Já a atriz e homenageada da última edição do Globo de Ouro Jane Fonda reaproveitou um terninho creme usado em 1996 em outra ocasião festiva. O traje em perfeito estado de conservação possui gola de padre e detalhes nos punhos, nos bolsos e na gola feitos de seda. Estava elegantérrima!
Outra que entendeu o recado vindo das passarelas atuais foi Laura Dern, pois a atriz surgiu em um belo smoking preto com bustiê à mostra da marca Givenchy durante a entrega das esferas douradas. O detalhe de sua produção recaiu sobre os sapatos com tachas usados para fechar o look naquele momento.
Agora, a cantora e compositora H.E.R foi quem fugiu completamente das produções P&B e apareceu na entrega do Globo de Ouro com um terno todo bordado em tons claros e que perpassavam pelo rosa bebê e o verde; tudo da marca Miu Miu.
Os exemplos acima comprovam que a tendência Boyish é um estilo democrático, confortável e criativo de se apresentar diante dos outros e que tem tudo para roubar a preferência das celebridades nos tapetes vermelhos deste ano.
Foto: reprodução