Apesar de já ter passado o dia dos namorados, uma dica legal de filme para assistir juntinho com seu amor é “Para todos os garotos 2-P.S. ainda amo você”.
Nesse segundo capitulo da trilogia juvenil a protagonista Lara Jean (Lana Condor) debuta em vários sentidos, ou seja, o espectador acompanha sua expectativa e os preparativos para seu primeiro encontro romântico com Peter Kavinsky (Noah Centineo), além da comemoração do primeiro dia dos namorados com o gato.
O problema é que ela é surpreendida pela chegada de uma carta de John Ambrose (Jordan Fisher), sua paixão da infância, e fica mexida com a possibilidade de um futuro encontro e uma reaproximação com ele, pois ambos têm muito em comum e curtem as mesmas coisas, desde obras literárias até um estilo de vida mais pacato e caseiro.
Mas é por Peter que seu coração bate descompassadamente, apesar das inseguranças momentâneas provocadas pela popularidade do queridão, pelo cerco feito regularmente pela sua ex-namorada Genevieve (Emilija Baranac) e pela galera da escola que continua afiada e, vez ou outra, escondendo segredos da personagem principal.
É! Há a formação do famoso triangulo amoroso na película e isso acontece muito pelos conflitos internos sofridos pela protagonista em relação a sua atual relação e também pelas suas dificuldades em verbalizar seus descontentamentos, medos e fragilidades com seu companheiro.
O interessante desse segundo capítulo da historia é que observamos o amadurecimento de Lara Jean e o aprofundamento de suas relações, bem como sua compreensão de que elas são feitas de altos e baixos, assim como é a vida. Aliás, as conversas trocadas entre a personagem principal e Storm (Holland Taylor), moradora de uma casa de repouso em que Lara trabalha voluntariamente aos sábados, são bons exemplos disso.
Entretanto, a película peca em não destacar dramas de personagens secundários como a solidão vivida pelo seu pai Dr. Covey (John Corbett) e seu interesse pela vizinha Trina (Sarayu Blue) ou a nova relação de sua melhor amiga Christine (Madeleine Arthur) com Trevor Pike (Ross Butler). Xiii! Dei spoiler!
Apesar disso, a obra esta recheada de cenas típicas de comedias românticas como a que a personagem principal exala nervosismo e se espatifa no chão diante de sua paixão de infância, além de reuniões na casa da árvore, do desenterrar de uma capsula do tempo e a descoberta do que cada um dos personagens depositou no recipiente, além de muitas trocas de olhares, de alguns vacilos típicos da juventude e de conversas entrecortadas e não finalizadas.
Agora, vocês sabem o que eu mais gosto em “Para todos os garotos 2”? Da cenografia da obra, pois o universo de Lara Jean, especialmente seu quarto foi construído com muitas cores, detalhes e acessórios decorativos. Além disso, o guarda-roupa da personagem está repleto de peças românticas, tonalidades acesas e acessórios, tais como: tiaras, lenços coloridos e meias ¾ .
Outro fato relevante é que há uma grande identificação minha com a protagonista porque comungo de sua paixão pela cozinha, especialmente sua vontade de presentear e agradar quem ama com algumas delícias açucaradas feitas pelas próprias mãos.
Ah! Eu quase ia me esquecendo de comentar com vocês, mas a química entre os atores está incrível! Lana Condor e Noah Centineo soltam faíscas quando aparecem juntos em cena e a cada filme estão mais entrosados sob os holofotes! E Jordan Fisher consegue nos hipnotizar carregando todos os atributos fofos que estão na moda e são admirados pela mulherada ultimamente.
Para quem curte fazer programas mais leves, divertidos e despretensiosos, “Para todos os garotos 2” é minha dica do momento!
Eu gostei!
Beijos,
Maria Oxigenada