– Lendo o livro “As pequenas virtudes”, de Natalia Ginzburg;
– Assistindo aos filmes franceses disponíveis no Festival Varilux em Casa;
– Visitando obras e galerias no site oficial da SP- Arte;
– Presenteando uma amiga com o livro “Calibã e a Bruxa”, de Silvia Federici;
– Colorindo livros de desenho;
– Desfilando com calça jogger;
– Confeccionando máscaras para a doação;
– Apostando em moletons tie-dye;
– Investindo em saias amplas;
– Resgatando as tendências oitentistas;
– Esquentando as produções com casacos fofos;
– Participando de pedaladas virtuais;
– Promovendo mudanças capilares;
– Aproveitando a borra de café para fazer máscaras faciais;
– Saboreando uma taça de sagu de vinho com creme de baunilha;
– Distribuindo flores pelos cômodos da casa;
– Aprendendo a fazer fritada;
– Esquentando as tardes frias com chocolate quente com conhaque;
– Caindo de boca em cocadas de tabuleiro;
– Colocando espigas de milho na brasa;
– Aprendendo a tricotar;
– Acendendo incensos aromáticos;
– Reforçando a hidratação corporal;
– Valorizando pequenas atitudes;
– Escrevendo caminhos da vida real;
– Realizando alguma fantasia sexual no Dia dos Namorados;
– Fortalecendo as conexões olhos nos olhos.
Foto: reproduções