Sem quorum-platéia vazia

Dizer adeus nunca é uma tarefa fácil, especialmente às pessoas que amamos. Entretanto, o ritual é importante e necessário para que possamos melhor compreender o ciclo da vida.

Pensando nisso, anos atrás foi postada uma nota aqui no site da Oxigenada sobre como vocês deveriam se comportar em velórios e enterros.

Mediante a circulação cada vez maior do coronavírus entre nós, algumas atitudes devem ser alteradas para evitarmos contaminações e problemas futuros.

São elas:
Neste momento, evite participar de velórios, especialmente porque nessas ocasiões há aglomerações e o contato com dezenas de pessoas. Entretanto, se isso for algo impossível de ser feito, então limite-se a ficar no recinto por apenas 5 minutos e não mais que isso.

No local, fuja que nem diabo da cruz de conversas muito próximas, respeitando a distancia de dois metros recomendada pelas autoridades de saúde. Além disso, evite abraçar e beijar familiares e amigos.

Evite participar de sepultamentos ou cerimônias de cremação, especialmente se a vítima faleceu em decorrência do Covid-19. A sugestão para homenageá-la é telefonar aos seus familiares, compartilhando seus pesares com eles pela perda recente.

Outro gesto delicado é enviar flores com um cartão de pêsames às pessoas próximas nos dias posteriores à cerimonia de despedida e anterior à realização da missa de sétimo dia. Lembre-se de comprar as flores através de sites de floriculturas e não pessoalmente, enviando-as através dos serviços de entrega e com a ajuda de motoboys.

Seja sensível e responsável também em momentos difíceis!

 

Beijos,

Maria Oxigenada