Montanha Russa

Alguns estão chamando-a de montanha russa, outros estão nomeando-a de trem fantasma, mas a verdade é que a quarentena imposta pelo governo tem sido um misto de sentimentos, ora com picos de ansiedade, ora com momentos de depressão e solidão.
Menos mal se você estiver ativa, trabalhando em home office, mas a situação se complica um pouco se estiver em stand by, de férias e em casa com tempo livre e na companhia de seu namoradx ou marido/esposa.

Primeiro passo para evitar brigas e discussões desnecessárias: ter uma boa conversa com seu par, questionando-x sobre qual seria a melhor maneira de vocês se comportarem durante o período de isolamento e no cumprimento de suas obrigações profissionais. Além disso, segure sua onda e não o provoque com alfinetadas desnecessárias ou a discussão de temas controversos.
Aproveite a oportunidade para estabelecer uma nova rotina no ambiente doméstico, onde os dois têm responsabilidades e tarefas para serem cumpridas diariamente, inclusive de limpeza e higienização dos cômodos da casa, as compras semanais e os cuidados com os pets.
Outra sugestão é fazer o possível para viver em harmonia durante esses dias e realizar algumas atividades conjuntamente, como cozinhar, malhar, meditar, namorar, jogar games ou cartas, mas se o bicho começar a pegar entre vocês, então é a hora de cada um escolher um canto da casa para chamar de seu e curtir minutos de solidão, ouvindo músicas, lendo, escrevendo um diário sobre a quarentena, interagindo virtualmente com amigos e familiares, organizando os arquivos de fotos recentes ou tirando novas musicas em instrumentos musicais.
E para espantar o tédio e as frustrações de não estarem circulando livremente por aí, que tal planejar suas próximas férias ou viagens? Além de vocês gastarem um tempo pesquisando sobre os destinos turísticos, também irão distrair-se entre fotos e comentários sobre a localidade, pontos turísticos, festas típicas e restaurantes locais.
E mantenha o bom humor sempre! Pois de nada adianta ficar mostrando os dentes ou ruminando atitudes que seu amadx fez ou deixou de fazer nesses dias. De maneira alguma menospreze os sentimentos do seu par, pois cada um possui uma natureza distinta e lida com as dificuldades e os desafios desses dias de isolamento de forma diferente.
Não economizem em gestos carinhosos e no amor, por favor!

 

Beijos,

Maria Oxigenada